Rio de Janeiro, sábado, 29 de julho de 2017 - 08h36min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos

31/03/1985 - DESPORTIVA (ES) 0 x 1 BANGU

FICHA TÉCNICA
Competição:
Taça de Ouro - Grupo D - Returno
Local:
Estádio Engenheiro Araripe, em Vitória
Renda:
Cr$ 11.881.000,00
Público:
3.355 pagantes
Árbitro:
João Leopoldo Ayeta, auxiliado por Antônio de Pádua Sales e Reinaldo Teixeira (SP)
 
Rogério; Bartô, Sidnei, Zé Luís e Paulinho; Cacá, Tiaõ e paulistinha; Lúcio (Botelho), Luisisnho e Tiziu
Gilmar; Márcio, Jair, Oliveira e Baby; Israel, Pingo e Mário; Pedrinho Gaúcho, Roberto Biônico (Lulinha) e Ado
Técnico: Moisés
Bangu 1 x 0: Roberto Biônico, aos 13min do 2º tempo

. . . . . . . . . . . . . . .

Bangu marca um gol Biônico e vence a Desportiva: 1 a 0
Fonte: Jornal O Dia

VITÓRIA - Nem a cansativa viagem de ônibus do Rio até a capital capixaba, impediu que o Bangu obtivesse outro resultado positivo no returno do Grupo D, vencendo a Desportiva Ferroviária, no Estádio Engenheiro Araripe por 1 a 0, gol do centroavante Roberto Biônico.

A Desportiva vinha de uma vitória sobre o Uberlândia e derrota de 1 a 0 para o Corumbaense, esperando enfrentar o Bangu em casa para se reabilitar, coisa que não aconteceu pelo bom desempenho do time carioca, impondo o seu ritmo de jogo desde o início da partida e merecendo o resultado final pelo bom futebol que apresentou.

O público pequeno que compareceu ao estádio saiu satisfeito aoesar de mais uma fracasso do time da casa. O jogo foi solto, bem disputado, com supremacia técnica bangüense, sempre forçando mais o gol de Rogério, enquanto Gilmar não teve tantos momentos de perigo. Aos 13m do tempo final, depois do primeiro em branco, o marcador foi movimentado por Roberto Biônico, completando uma boa manobra do ataque carioca.

Embora jogue pensando na Ponte Preta, com quem briga pelo direito de ganhar a classificação para a Taça de Ouro de 86, ao final desse turno, o time do Bangu não se mostra intranqüilo. Moisés prepara seu time ofensivamente e vem conseguindo bons resultados. A delegação bangüense deixou o estádio após o jogo, seguindo direto para o Rio.

     
Livros
 
Estatísticas 2017
 
Jogos 20
Vitórias 5
Empates 6
Derrotas 9
Gols Pró 19
Gols Contra 32
Saldo de Gols -13
Aproveitamento 35%
Artilheiros 2017
 
Loco Abreu 3
Raphael Augusto 3
Rogerinho 2
Bruno Luiz 2
Leandro Chaves 1
João Guilherme 1
Guilherme 1
Carlinhos 1
Anderson Penna 1
Hygor Guimarães 1
Daniel Bueno 1
Marlon 1
Mauro Silva 1