Rio de Janeiro, sábado, 29 de julho de 2017 - 08h38min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Notícias » Jogos

10/04/1985 - BANGU 3 x 1 BRASIL (RS)

FICHA TÉCNICA
Competição:
Taça de Ouro - Grupo D - Returno
Local:
Estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho
Renda:
Cr$ 7.790.000,00
Público:
1.558 pagantes
Árbitro:
Tito Rodrigues , auxiliado por Nilton Ramos e Hermínio Bíscaro
Gilmar; Baby, Jair, Márcio(Delacir e Oliveira; Israel, Pingo e Mário; Marinho, Fernando Macaé e Ado
Técnico: Moisés
 
João Luis; Valdoir, Silva, Hélio e Jorge Batata; Doraci (Márcio), Lívio e André; Júnior Brasília, Bira e Zezinho (Canhotinho)
Bangu 1 x 0: Ado, aos 8min do 1º tempo
Bangu 2 x 0: Pingo, aos 9min do 1º tempo
Bangu 3 x 0: Fernando Macaé, aos 23min do 2º tempo
Bangu 3 x 1: Hélio, aos 34min do 2º tempo
Jorge batata e Lívio (Brasil); Gilmar, Oliveira e Israel (Bangu)

. . . . . . . . . . . . . . .

Bangu supera retranca do Brasil e vence por 3 a 1
Fonte: Jornal O Globo

O Bangu não teve dificuldades para derrotar o Brasil de Pelotas, ontem à noite em Moça Bonita, por 3 a 1 e assumir a liderança no segundo turno do Grupo D da Taça de Ouro, ao lado do próprio Brasil e da Ponte Preta, que empatou em Joinville. Todos têm agora 11 pontos, mas o clube carioca já tem sua vaga garantida para a próxima fase porque venceu o primeiro turno.

O Brasil, até então líder isolado do segundo turno, veio ao Rio disposto a lutar pelo empate. Preparou-se com uma retranca que fracassou logo aos 8 minutos, quando o Bangu marcou o seu primeiro gol: Márcio cruzou da direita, Marinho cabeceou para Ado que, também de cabeça, venceu o goleiro João Luis. Nova saída foi dada, o Bangu recuperou a bola e marcou o seu segundo gol, aos 9 minutos: Macaé entrou pela área, perdeu o controle da bola, mas Pingo apareceu para o chute final. Totalmente desorganizado taticamente, o Brasil tentou sair da retranca para uma reação 30 minutos conseguiu dar um chute ao gol adversário.

No segundo tempo, o panorama não se modificou, apesar do time gaúcho te perdido uma grande chance aos 5 minutos com André cobrando um pênalti na trave. Aos 23 minutos, Fernando Macaé, mesmo atrapalhado pelo zagueiro Silva, conseguiu marcar o terceiro gol do Bangu. E o time carioca passou a se poupar, sob os aplausos da sua torcida que não parou de festejar nem mesmo quando Hélio, de cabeça, conseguiu fazer o único gol do Brasil.

O Bangu, no sábado, enfrentará a Ponte Preta, em Campinas. O jogo seria domingo à noite, com transmissão de tv, mas a CBF não autorizou a transferência e, agora, Castor de Andrade pretende autorização para jogar sábado à noite, com transmissão de tv.

     
Livros
 
Estatísticas 2017
 
Jogos 20
Vitórias 5
Empates 6
Derrotas 9
Gols Pró 19
Gols Contra 32
Saldo de Gols -13
Aproveitamento 35%
Artilheiros 2017
 
Loco Abreu 3
Raphael Augusto 3
Rogerinho 2
Bruno Luiz 2
Leandro Chaves 1
João Guilherme 1
Guilherme 1
Carlinhos 1
Anderson Penna 1
Hygor Guimarães 1
Daniel Bueno 1
Marlon 1
Mauro Silva 1