Rio de Janeiro, domingo, 19 de novembro de 2017 - 06h37min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Reportagens


BANGU É DESTAQUE NO NORDESTE

Foram 36 dias de bom futebol jogado por um time de grande categoria, elogiado por todos e cantado em manchetes de jornais por onde passava. Este foi o nosso Bangu, de Moça Bonita, um subúrbio distante do Rio encantou o Nordeste na sua recente excursão: 12 jogos, conseguindo 9 vitórias, 2 empates e uma derrota, justamente no Acre para o Juventus, por 2 x 1, embora surpreendesse a crônica esportiva.

Apesar de tantos dias longe da família, os jogadores e a Comissão Técnica souberam encarar todas as dificuldades que um período tão extenso proporciona.


Alegria dos gols


Um time de bom nível técnico que fez a alegria dos torcedores em todo o Brasil: 23 gols no melhor estilo, a ponto de causar inveja a qualquer cético. Mirandinha foi o artilheiro com 7 gols, seguidos de Toninho e Wagner, com 4; Rubens Feijão (3), Zé Lito e Lira (2) e Marcelo (1).

Escolher um tento mais bonito desta excursão seria difícil, mas pode-se relacionar um gol de calcanhar de Wagner contra a Seleção de Mossoró, após uma excelente jogada de Zé Lito, ou de Rubens Feijão, depois de driblar toda a defesa do Peñarol do Acre e, finalmente, do lateral direito Toninho numa estupenda cobrança de falta na partida com o Maranhão, em São Luís.


Resultado dos jogos


As vitórias foram as seguintes: 3 x 0 Peñarol; 2 x 0 no Independência do Acre; 5 x 2 na Seleção de Itacoatiara; 2 x 1 no Ceará; 2 x 0 na Seleção de Mossoró; 1 x 0 no Guarani de Sobral; 2 x 0 no Maranhão; 1 x 0 no Moto Clube; 2 x 1 no Sampaio Corrêa; 1 x 1 com a Seleção de Iguatu; 0 x 0 com o Rio Negro de Manaus; e 1 x 2 para o Juventus do Acre.


Bangu descobre novo horizonte

O time encarou, além dos adversários, uma verdadeira maratona para jogar em lugares desconhecidos e difícil acesso. Foram 5.300 quilômetros rodados em ônibus confortáveis - somando 53 horas. No entanto, não faltou a alegria dos componentes da delegação: Índio teve a oportunidade de provar que é bom no campo como no violão e a cada lugar que a comitiva chegava contagiava a todos fazendo verdadeira festa.

O importante nisso tudo, diz Catuka: "Não houve qualquer deslize apesar de tantos dias, com nenhum caso de indisciplina. O grupo teve um comportamento maravilhoso, digno das tradições do Bangu".

Com o bom futebol jogado, as propostas surgiram de todos os recantos, entretanto, não havia mais datas para amistosos e nem tão pouco fôlego, após 36 dias. No encerramento da excursão a delegação passou pelo teste final: enfrentar as balsas no Amazonas, em viagem para Itacoatiara e venceram.

Toda esta campanha excelente teve a colaboração de Tião, Toninho, Moisés, Mococa, Marco Antônio, Índio, Wagner, Rubens Feijão, Marcelo, René, Júlio César, Lauro, Zé Lito, Mirandinha, Lira, Júlio Galvão, Vilmar e Renato, os jogadores. Na comissão técnica: João Francisco, Carlos Alberto Galvão, Maurício Lacerda, Jorge Silva, Neto e Kleber Dutra. No Rio: Neco, Sidney, Jairo e Rubens Lopes.


Manchetes

O Bangu ganhou destaques onde passou e as manchetes dos jornais expressavam o surpreendente futebol jogado por este time que irá tentar o título estadual:

. A Crítica de Manaus: TORCIDA FESTEJA EMPATE DO GALO E BANGU.
. Diário do Acre: BANGU MANCHA FAIXAS DO INDEPENDÊNCIA.
. Jornal do Maranhão: BANGU DÁ SHOW E ENCANTA A GALERA.
. O Povo do Maranhão: BANGU SAI INVICTO E DEIXA SAUDADES.
. Diário do Ceará: BANGU MELHOR VENCE BEM O CEARÁ.
. O Mossoroense: SELEÇÃO DECEPCIONA E BANGU FAZ A FESTA.

Fonte: Jornais do Nordeste, maio e junho de 1982.

     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.116
Vitórias 1.713
Empates 980
Derrotas 1.423
Gols Pró 7.267
Gols Contra 6.306
Saldo de Gols 961
Artilheiros
 
Ladislau 229
Moacir Bueno 202
Nívio 152
Menezes 138
Zizinho 124
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 97
Arturzinho 93
Marinho 83