Rio de Janeiro, terça-feira, 21 de novembro de 2017 - 21h12min
Clube
História
Estádios
Símbolos
Presidentes
Futebol
Jogos
Títulos
Atletas
Técnicos
Competições
Informação
Livros
Crônicas
Reportagens
Por onde anda?
Estatísticas
Gerais
Confrontos
Campanhas
Ranking CBF
Competições
Multimídia
Fotos
Áudios
Vídeos

» 1ª Página » Informação » Reportagens

PAULO BORGES, O ASTRO DO BANGU

Foto: Arquivo JS
Paulo Borges(ao centro) brinca com a bola durante um treino do Bangu

Veloz e eficiente nas finalizações, Paulo Borges talvez tenha sido um dos últimos grandes pontas-direitas do futebol brasileiro. Atuando pelo Bangu, de 1962 a 68, acabou se tornando ídolo da torcida e o principal responsável pela conquista do Campeonato Carioca de 66, quando sagrou-se artilheiro, também. Aliás, o seu sucesso naquele ano, foi tão grande que chegou até ser comparado com Garrincha.

No ano seguinte, outra atuação memorável no campeonato Carioca. No entanto, não conseguiu se sagrar campeão novamente, mas o título de artilheiro do campeonato foi outra vez seu. Mesmo assim, após aquela competição os dirigentes do clube de Moça Bonita preferiram negociá-lo com o Corinthians.

Chegou ao Parque São Jorge em 68, onde se tornou um dos maiores ídolos da fiel torcida corintiana. Fez uma excelente dupla com Rivelino, que ficava incumbido de servir-lhe a bola em velocidade.

Magro, esguio e de extrema velocidade, Paulo Borges acabou ganhando o apelido de Gazela Negra. Destacou-se no ataque da Seleção Brasileira e teve curta passagem também pelo Palmeiras.

Atualmente, Paulo Borges está passando seus conhecimentos para os alunos das escolinhas de futebol do Corinthians.

Fonte: Jornal dos Sports.

     
Livros
 
Estatísticas
 
Jogos 4.116
Vitórias 1.713
Empates 980
Derrotas 1.423
Gols Pró 7.267
Gols Contra 6.306
Saldo de Gols 961
Artilheiros
 
Ladislau 229
Moacir Bueno 202
Nívio 152
Menezes 138
Zizinho 124
Luís Carlos 119
Paulo Borges 109
Décio Esteves 97
Arturzinho 93
Marinho 83