Bangu Atlético Clube: sua história e suas glórias
Escudo Bangu 1 x 1 Escudo Villa Nova-MG
BANGU   Villa Nova-MG
Competição Taça de Ouro - Grupo D - Turno
Local Estádio Proletário Guilherme da Silveira Filho
Data e hora Quarta-feira, 06/03/1985 - 21h
Renda Cr$ 8.515.000,00
Público 1.703 pagantes
Árbitro Luís Cunha Martins
Auxiliares Sílvio Rodrigues e Urbano Knorst
Escudo Bangu Gilmar; Velton, Cardoso, Delacir e Márcio; Israel, Pingo (Pedrinho Gaúcho) e Mário; Marinho, Fernando Macaé e Ado (Gílson)
Técnico: Moisés
Escudo Villa Nova-MG Eudes; Cléber, Zé Eduardo, Isaac e Zé Carlos; Alex, Elísio (Celso) e Alcides; Osmar, paulinho e Cacá (Ernani)
Técnico: Arizona
cartão amarelo Cléber, Isaac, Osmar, Cacá (Villa Nova); Márcio e Cardoso (Bangu)
cartao vermelho Fernando Macaé (Bangu); Alex (Villa Nova)
Gols Bangu 0 x 1: Paulinho, aos 18min do 1º tempo
Bangu 1 x 1: Márcio, aos 38min do 2º tempo
. . . . . . . . . . . . . . .
Bangu empata
Fonte: Jornal O Globo

O Bangu perdeu ontem a liderança do Grupo D da fase de classificação da Taça de Ouro ao empatar à noite em 1 a 1 com o Vila Nova, em Moça Bonita. Para vencer o grupo, agora, seu time tem de vencer na última rodada o Leônico, em jogo marcado para domingo, em Itabuna, e torcer por uma derrota da Ponte Preta para o Uberlândia, em Minas.

O jogo de ontem, em Moça Bonita, foi muito violento. O Bangu, que jogou melhor e pressionou o tempo todo, foi parado praticamente na violência. O Vila Nova jogou duro, sua defesa exerceu marcação em cima e, procurando tirar a bola da área de qualquer maneira, não deu chances ao Bangu, que, além do gol, só conseguiu mandar uma bola na trave (chutada por Pedrinho Gaúcho aos 15 minutos do segundo tempo).

O Juíz Luís Cunha Martins advertiu seis jogadores com cartão amarelo e expulsou Fernando Macaé, do Bangu, e Alex, do Vila Nova, aos 10 minutos do final após um dos lances de violência: Alex entrou duro em Macaé e este, na confusão, revidou com uma joelhada.

O Vila Nova fez 1 a 0 aos 18 minutos do primeiro tempo, através de Paulinho depois de um cruzamento de Elísio, e o Bangu empatou aos 38 minutos do segundo tempo. Seu time atacava na base do desespero quando Márcio, aproveitando uma bola que sobrou na área, chutou na corrida e marcou.

. . . . . . . . . . . . . . .
foto Foto do jogo
Foto: Jornal O Globo
Marinho tenta matar a bola no peito, cercado por três jogadores do Vila Nova
Marinho tenta matar a bola no peito, cercado por três jogadores do Vila Nova