Bangu Atlético Clube: sua história e suas glórias

Você sabia? Bangu foi o último campeão carioca fora dos quatro grandes

Clube que leva um castor no seu uniforme em homenagem a patrono teve zagueiro bicampeão do mundo

11/01/2023 - 10h43
Fonte: Blog do Guri (Paulo Guilherme)

O Campeonato Carioca tem há 57 anos uma hegemonia dos quatro grandes clubes do Rio de Janeiro: Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo. A última vez em que uma outra equipe venceu o campeonato estadual foi em 1966, quando o Bangu Atlético Clube foi campeão vencendo o Flamengo na final por 3 a 0, em uma partida no Maracanã que terminou em pancadaria.

O título de 1966 foi o segundo Campeonato Carioca vencido pelo Bangu, que foi campeão também em 1933. Os gols foram marcados por Ocimar, Aladim e Paulo Borges - este foi em seguida jogar no Corinthians e marcou o histórico gol da vitória corintiana sobre o Santos que encerrou um tabu de 11 anos sem ganhar do time de Pelé.

Fotos: Reprodução
Zózimo foi jogador do Bangu e bicampeão mundial
Zózimo foi jogador do Bangu e bicampeão mundial

Mas a história do Bangu vai muito além. O clube de Moça Bonita teve um zagueiro que foi bicampeão mundial, o jogador Zózimo. Ele foi reserva de Orlando na Copa do Mundo de 1958 e virou titular em 1962.

Zózimo Alves Calazans era um zagueiro canhoto, elegante, firme e discreto. Em um time que tinha estrelas como Pelé, Garrincha, Vavá, Zito, Zagallo, Djalma Santos, Nilton Santos e o goleiro Gilmar, havia pouco espaço para Zózimo se destacar.

Ele fazia o trabalho do zagueiro operário, dando a segurança necessária à defesa. Além dele, o Bangu teve outros dois jogadores que defenderam a Seleção Brasileira em Copas do Mundo: o meia Zizinho, em 1950, e o lateral Fidélis, em 1966.

Foto: Reprodução
Craque Neto jogou no Bangu
Craque Neto jogou no Bangu

Outros astros que já vestiram a camisa do Bangu foram Domingos da Guia, Ademir da Guia, Mauro Galvão, Cláudio Adão, Marinho, Arthurzinho, Ubirajara Motta e o Craque Neto.

O Bangu leva em seu uniforme o desenho de um castor, em uma referência ao bicheiro Castor de Andrade, que foi patrono e financiador do clube e instituiu de colocar o animal na camisa alvirrubra. O técnico do Bangu é Felipe, ex-lateral do Vasco nos anos 90.

Foto: Divulgação
Felipe é o técnico do Bangu; camisa leva o símbolo do castor
Felipe é o técnico do Bangu; camisa leva o símbolo do castor